Minimalismo: um conceito de uma vida mais sustentável

Quem já viu o documentário “Minimalism: A Documentary About the Important Things”, disponível na Netflix, deparou-se com uma nomenclatura cada mais vez à tona nas discussões sobre um mundo mais sustentável: minimalismo. Se você não sabe o que é, leia esse texto até o final e entenderá como esse conceito pode mudar o modo como lida com sua vida de uma vez por todas – e para melhor, pode ter certeza!

Cacto, Minimalismo, Planta, Pote, Branco
Minimalismo: um conceito de uma vida mais sustentável

O que é o minimalismo?

Antes de você entender como esse conceito pode impactar – positivamente, diga-se de passagem – na sua vida, é necessário primeiro entender sobre o que se trata, não é mesmo?! Pois bem, papel e caneta nas mãos e anote: minimalismo nada mais é do que a arte de ter menos coisas e aproveitar a liberdade que isso te proporciona. Simples assim!

Veja bem: em um mundo cada vez mais tecnológico, com redes sociais ditando o modo de viver, é inevitável que sejamos bombardeamos de gatilhos por todos os lados. Seja por meio de produtos-desejo em lançamentos ou até por digital influencers, que nos falam como devemos ser e o que devemos ter, não há como fugir dessa realidade consumista hoje em dia.

Com isso, temos o quê? Um mundo de bens materiais estocados em casa, que, muitas vezes, são pouquíssimos utilizados. E o pior – além disso, temos ainda o gatilho de querer consumir sempre mais e mais. A conta nunca fecha!

Fazer Compras, Compras, Moda, Compra, Saco, Venda
Vivemos num mundo onde o consumir sempre mais é a regra da sociedade.

Indo mais a fundo… Desse excesso de consumo, quantas vezes você se sentiu REALMENTE feliz e satisfeito? Quantas vezes você pensou “agora basta”, mas olhou para a grama do vizinho e ela estava mais verde? Quantas vezes você se comparou com o próximo e até sentiu inveja do que ele tinha e você não?! Pois é, a verdade dói, mas ela é nua e crua.

Com isso, todo esse questionamento feito acima fez com que algumas pessoas fossem na contramão do que se prega hoje, indo de encontro com o minimalismo. Ou seja, elas passaram a consumir somente o essencial, tornando sua vida cada vez mais simples e encontrando, de verdade, a felicidade real – que não está baseada em bens materiais.

E como vivem essas pessoas minimalistas?  

Como falamos acima, as pessoas que têm o minimalismo como um estilo de vida optam por viver de maneira simples, consumindo somente o que é fundamental para a sua sobrevivência. Claro que, para sobreviver, existem os momentos de felicidade em que, muitas vezes, implicam em consumir algo. Mas entenda: o objetivo em si não é o bem material, mas sim o momento que o engloba, por exemplo.

No minimalismo, as pessoas vivem mais o ser e não o ter. Elas escolhem valorizar mais o presente e não o futuro. Optam por serem felizes com aquilo que têm e não o invejar o próximo por aquilo que não têm. Em resumo, para os minimalistas, o que importa não é transparecer felicidade e sucesso, mas sim ser de fato feliz e sucedido.

Pôr Do Sol, Crepúsculo, Silhueta, Sombra, Menina
No minimalismo, as pessoas vivem mais o ser e não o ter.

Pensemos juntos nas coisas simples da vida, como fazer as refeições em família, ter conversas com gente desconhecida, descobrindo, assim, novas realidades, comer algo que foi retirado diretamente da sua própria horta… Até colocar os pés na grama e sentir a natureza conta no minimalismo!

No entanto, é claro que, embora o minimalismo seja viver o simples, há coisas mais grandiosas que também são alimentos da nossa alma, como viajar. E isso importa sim para os minimalistas; afinal, é sobre o ser e não o ter. Viajar, por exemplo, nos permite conhecer novos lugares, culturas e até sabores. O que importa aqui é a imersão que a viagem em si proporciona – e não as fotos para o Instagram, entende?

Minimalismo: quero para a minha vida!

A ideia de ser uma pessoa minimalista não parece de todo o mal, né? Aliás, à primeira vista, até parece ser a solução de todos os nossos problemas! No entanto, embora o minimalismo possa resolver diversas questões da nossa vida, é necessário sermos honestos e compreender que não é a coisa mais simples aplicá-lo em nosso dia a dia.

Ao Vivo, Quarto, Arquitetura, Moderna, Janela, Wall
Ser minimalista é um processo difícil, porém compensador.

Mas como tudo que é de bom para a nossa vida não vem fácil, com o minimalismo não seria diferente. É difícil mesmo quebrar alguns paradigmas perante a sociedade e levar uma vida mais simples, indo na contramão do senso comum que a felicidade da nossa vida se baseia no ter e no aparentar ser. Só que, uma vez quebrados, você verá que todo seu esforço valeu a pena!

Como começar com o minimalismo

Para esse seu início na adoção do minimalismo como um estilo de vida, temos algumas dicas básicas que irão lhe ajudar no processo. Bora lá!  

1- Sempre se questione sobre o que seu coração realmente deseja e seja firme nas suas convicções – não dê ouvido aos outros e muito menos satisfações sobre as suas escolhas. A vida é sua e de mais ninguém!

2 – Desapegue-se daquilo que não te acrescenta. Aquele ditado “do que não mata, engorda” não cabe aqui! Aprender a se desapegar de bens materiais que não são mais úteis para você e tenha o mínimo necessário para a sua sobrevivência.

Espanha, Caminho De Santiago, Estrada, Caminho, Passeio
Desapegue-se daquilo que não te acrescenta e viva com o essencial.

3 – Desapegou? O próximo passo é doar tudo que você separou para quem precisa. Com certeza, você se sentirá mais leve, em paz e feliz.  E isso irá ser um estímulo a mais para continuar com o minimalismo na sua vida.

4 – Busque ter mais informações sobre as pessoas minimalistas e busque entender as vantagens do minimalismo na vida delas. Indo a fundo nesse tema, você ficará bastante empolgado e com força de vontade de encarar os desafios para ter uma vida melhor. Uma dica que damos é começar pelo básico, ou seja, pelo documentário “Minimalism: A Documentary About the Important Things”, que está disponível na Netflix.

Tv, Homem, Assistindo, Quartos, Escritório, Moderna
Busque por mais informações sobre o minimalismo e entenda esse estilo de vida.

Prontinho! As dicas estão dadas e agora basta você começar a colocá-las em prática! Vá sem medo na tentativa de fazer com que o minimalismo aja na sua vida. Com certeza, não vai haver um momento que irá se questionar sobre essa acertada decisão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *