Compostagem doméstica: o que você precisa saber

A compostagem é matéria orgânica deteriorada. Quando você mistura restos orgânicos na terra eles se decompõem naturalmente em um fertilizante rico em nutrientes que ajuda os jardins a crescer.

Além disso, a compostagem é benéfica, porque:

  • As emissões de gases de efeito estufa relacionadas à produção de fertilizantes podem ser reduzidas;
  • A compostagem é usada como fertilizante pode reduzir a necessidade de pesticidas e opções químicas,que são duras para a terra
  • Melhorar a qualidade do solo e é uma excelente fonte de matéria orgânica
  • Pode reduzir muito desperdício
  • Se você tem um jardim, pode economizar dinheiro,pois você literalmente transforma lixo em solo
  • Ele pode reduzir as emissões de metano dos aterros e diminuir sua pegada de carbono

O que você pode adubar? E o que você não deveria

Compostagem para apartamento
Compostagem para apartamento: o que você precisa saber Foto – Pixabay

Uma das maiores dúvidas é sobre o que pode e o que não pode ser adubado. Vamos trazer alguns exemplos para deixar essa questão mais entendida.

Você pode adubar o seguinte:

  • Sucatas de frutas e vegetais – quase tudo o que vem do solo e muito mais: pontas de pepino, caroços de maçã, cascas de cenoura, cascas de melão, caroços de abacate, abóbora, banana, etc.
    • Grãos: eles também brotam do solo, para que você possa jogue também pão velho, cereal e macarrão em sua pilha de composto.• Borra de café e filtros
    • Saquinhos de chá
    • Cascas de ovo
    • Cascas de nozes
    • Folhas
    • Jornal desfiado
    • Papelão / papel
    • Plantas de casa
    • Panos de algodão e lã
    • Cabelos e peles

Coisas que você NÃO PODE adubar:

– Resíduos de animais de estimação
• Plantas doentes (por isso, se a planta de abobrinha do seu jardim tiver murcha, você não desejará adicionar a planta à sua caixa de compostagem)
• Carvão ou cinzas de carvão vegetal
• Laticínios
• Plantas doentes ou infestadas de insetos
• Gordura / graxa / óleos

O desperdício de alimentos está devastando o ecossistema. Atualmente, está se tornando cada vez mais evidente que desviar o desperdício de alimentos dos aterros sanitários é de extrema importância para a sobrevivência do nosso planeta.

Mas e as pessoas que não têm acesso a um sistema de compostagem ao ar livre?

Vamos falar sobre métodos de compostagem em um espaço pequeno.

  1. Vermicompostagem
Compostagem para apartamento
Compostagem para apartamento: o que você precisa saber Foto – Pxabay

A vermicompostagem é uma maneira elegante de dizer que você usa vermes para decompor seu lixo. Um vermicomposto é uma caixa longa e rasa feita de madeira ou plástico. O interior é composto de material de compostagem “marrom” desfiado (como papelão, papel ou turfa).

O tamanho e o número ideais de vermes dependerão da quantidade de comida que sua família gera. De um modo geral, para cada quilo de desperdício de alimento que você gerar, você precisará de um metro quadrado de espaço e dois quilos de vermes.

Compostagem Comunitária

A compostagem em espaços pequenos nem sempre equivale a compostagem em ambientes fechados. Onde quer que você esteja, você deve encontrar uma saída/local que aceite composto.

Por uma questão de simplicidade, listaremos aqui algumas das opções para que você possa fazer sua própria pesquisa sobre se esse sistema de envolvimento da comunidade em nome da compostagem funcionará ou não.

Jardins da Comunidade

Compostagem para apartamento
Compostagem para apartamento: o que você precisa saber Foto – Pixabay

As hortas comunitárias são excelentes fontes de produtos frescos e de conhecimentos locais. A maioria das hortas comunitárias possui pilhas de compostagem às quais você pode adicionar restos orgânicos.

Os recursos online podem ajudá-lo a localizar jardins comunitários próximos.

Passo a passo

Não se trata de alguém ficar sem a possibilidade de fazer seu próprio fertilizante natural para as plantas se não houver muito espaço. Portanto, vamos avançar com um método prático e fácil de executar, ideal para apartamentos.

Ter um jardim enorme com uma pequena varanda não é a mesma coisa, as diferenças aparecem tanto na escolha de plantas e arbustos quanto na maneira de fazer seu próprio composto.

Se são espaços confinados, eles podem fazê-lo em uma panela.

  • Escolha um tamanho generoso e cubra-o com cerca de 3 cm. de terra.
  • Em seguida, coloque o lixo orgânico da sua casa nele sempre que quiser, sempre cobrindo-o com uma camada de solo. Você pode despejar sobras de frutas e legumes, casca de ovo, pedras de frutas, sobras e tudo o que é natural.
  • Entre as camadas, você pode adicionar folhas secas e palitos para favorecer o processo.
  • De tempos em tempos, remove a terra e seus elementos para integrá-los e formar o composto pouco a pouco.
  • Lembre-se de que a umidade é importante para a formação de húmus; portanto, mantenha a panela em um local onde não resseque muito.

Um detalhe importante

Embora você possa fazer composto orgânico em qualquer lugar da casa, recomendamos escolher uma área da casa o mais distante do local onde eles passam mais tempo, para que você não sinta os maus cheiros que ela pode produzir.

#Plantstagram: Contas verdes do Instagram a seguir para inspirar plantas

Se você é apaixonado por plantas e mídias sociais os dois se encontram no Instagram.

Quando se fala em plantas, muitos começam cuidando apenas com um vasinho, com um cacto ou uma suculenta. Mas logo com o passar do tempo está transformando a sua casa em uma verdadeira floresta particular.

Para quem gosta de plantas é interessante páginas voltadas para os amantes de plantas que compartilham sua paixão, um post de cada vez.

Perfis sobre plantas no Instagram

No instagram é possível encontrar uma variedade de perfis voltado ás plantas. Se gosta de fotos de plantas, ou dicas de plantios, muitos perfis oferecem essa ajuda.

Se você sabe onde procurar, o Instagram não é apenas uma fonte de inspiração. Em meio a imagens de café com leite, filhotes e colírio para os olhos de design geral, também há muita folhagem deslumbrante para se inspirar.

Hoje, estamos destacando algumas contas do Instagram sobre plantas. Uma casa realmente não é uma casa sem algumas plantas espalhadas aqui e ali.

As plantas domésticas animam completamente um espaço, trazendo um toque do ar livre para dentro de casa. As plantas também têm a capacidade de enfatizar seus gostos interiores, independentemente do estilo de decoração.

Abaixo, reunimos alguns perfis sobre plantas domésticas. De suculentas a arbustos, essas contas sabem como estilizar suas casas com as melhores plantas. Se você deseja ter uma mini selva em seu espaço ou está apenas procurando por um ou dois amigos frondosos, obterá muita inspiração.

Seja você uma pessoa experiente em plantas ou um iniciante em jardinagem, o Instagram está cheio de plantas domésticas legais que servem de inspiração para sua própria casa.

De dicas para manter as plantas vivas a variedades de plantas novas ou incomuns, o Instagram tem tudo! Aqui estão algumas contas do Instagram, cheias de plantas domésticas legais para seu prazer.

Perfis sobre plantas no Instagram

plantas no Instagram
#Plantstagram: Contas verdes do Instagram a seguir para inspirar plantas Foto – Pixabay

Plantas na Varanda: Uma pequena varanda e uma enorme vontade de ter uma floresta! Aqui há muitas dicas incríveis.

https://www.instagram.com/plantasnavaranda/?hl=pt-br

Planta lá em casa 🌿

Quem nunca matou uma planta em casa, atire a primeira pedra. Vamos tentar mudar essa história?

https://www.instagram.com/plantalaemcasa/?hl=pt-br

Minhasplantas

Carol Costa é jardineira, autora de 4 livros e professora de jardinagem. Publica vídeos novos todo domingo, 10h, no site Minhas Plantas.

https://www.instagram.com/minhasplantas/?hl=pt-br

plantascuidadas

APRENDA COMO CULTIVAR SUCULENTAS DE FORMA FÁCIL

https://www.instagram.com/plantascuidadas/?hl=pt-br

minha casa botânica

Cada planta é um aprendizado e cada broto uma conquista !
Cuidados baseados em pesquisas e experiências com minhas plantas.

https://www.instagram.com/minhacasabotanica/?hl=pt-br

@plantsonpink
Aqui você encontra inúmeras inspirações de como combinar a cor rosa com o verde das plantas.

O Jungalow – @thejungalow

Se você é um fã de casas repletas de plantas com design sofisticado, @thejungalow é o feed do Instagram que você está procurando. Repleto de interiores coloridos, em estilo boho, enfeitados – você adivinhou! – plantas de casa, @thejungalow é o material de que são feitos os sonhos dos pais das plantas.

Plantas em rosa – @plantsonpink

Poucas coisas gritam “milenar” como plantas de casa e rosa milenar – então era apenas uma questão de tempo até que as duas unissem forças no grama. Caso em questão: @plantsonpink, a criação da fotógrafa Lotte Van Baalen, que documenta suas imagens de plantas frondosas contra fundos rosa pálidos para o deleite de 18 a 34 anos em todos os lugares.

Dicas gerais para cuidar das plantas

1 – Localização, luz e temperatura

Já sabemos que a localização de nossas plantas e flores é vital para o seu bem-estar.

  • Escolha um local com boa iluminação, longe de correntes de ar quentes e frias.
  • Com o passar dos dias, você verificará se o local escolhido é o mais adequado.
  • Se você notar alguma alteração na planta, como as folhas ficando amarelas ou caindo inesperadamente, você pode movê-las.
  • Você pode tentar vários locais até encontrar o caminho certo para sua planta.
  • A temperatura mais adequada para uma planta de casa está entre 15º e 25º.

2 – Quantidade e frequência de irrigação

Vai depender da época do ano em que estamos. Mas, geralmente, eles precisam de menos água que as plantas externas, porque as plantas domésticas são mais protegidas.

  • Observe o solo da sua planta. É o conselho mais valioso. Se estiver seco, regue-o. Se você notar que a terra ainda está molhada, pode deixá-la por mais alguns dias.
  • No verão, o habitual é geralmente uma rega diária.
  • Nos tempos mais frios, basta regar uma semana por semana ou mais. O mais importante é que você observe as necessidades específicas de sua planta.
  • É preferível regar com menos frequência, mas com rega mais abundante. Assim, a água atingirá todas as partes do substrato.
  • O excesso de água é a causa mais frequente na morte de uma planta. Melhor ficar aquém do que exagerar.
  • Se depois de regar sua planta, você perceber que há excesso de água no prato, é melhor removê-lo.

Quais são as suas fontes favoritas de inspiração para o interior das plantas? Quem você segue no Instagram? Deixe-nos saber o que estamos perdendo! Compartilhe conosco nos comentários.

Comece a substituir seus potes de plástico pelos de vidro

Vamos falar nesse texto sobre os potes de vidro. Eles estão sendo cada vez mais escolhidos para armazenas alimentos.

Vamos falar os motivos por essa escolha mais sustentável. Mas fique tranquilo! Você não precisa sair correndo e adquirir novos potes de vidros. Pode muito bem reutilizar e reaproveitar potes de vidros que já possui em casa.

Vamos então aos motivos?

O vidro é mais seguro que o plástico

potes de vidro
Comece a substituir seus potes de plástico pelos de vidro Foto – Pixabay

O vidro é mais seguro para armazenamento de alimentos do que o plástico. Produtos químicos de recipientes de plástico podem migrar do plástico para os alimentos. Isso geralmente ocorre quando alimentos quentes são colocados em um plástico ou durante o aquecimento por microondas.

Os recipientes de armazenamento de alimentos de vidro não liberam produtos químicos venenosos e indesejados em contato com os alimentos. O vidro é um material natural inerte e não poroso. Os recipientes de vidro estão livres de vazamentos e são seguros para uso repetidamente.

Mantém os alimentos em segurança: O vidro é mais limpo que o plástico. A superfície não porosa do vidro não absorve alimentos e germes e pode ser lavada com segurança a altas temperaturas na máquina de lavar louça.

Melhora o sabor dos alimentos: Você já reparou como alguns alimentos e bebidas tem um sabor melhor em vidro? A comida simplesmente tem um sabor mais fresco, limpo quando armazenado em vidro.

A superfície de vidro repele os odores dos alimentos e os sabores residuais. E os alimentos reaquecidos em vidro – seja no forno convencional ou no microondas – têm um sabor superior aos alimentos com nuances de plástico.

Ajuda a limpar o planeta: Usar vidro em vez de plástico reduz significativamente o aterro. Também economiza energia no processo ineficiente de reciclagem do plástico. E, diferentemente da pilha metastatizante de recipientes de plástico incompatíveis no armário da cozinha, depois de investir em recipientes de armazenamento de vidro, seu suprimento praticamente permanece constante. Com cuidado, você usará seus recipientes de vidro originais quase indefinidamente.

Se você quebrar um recipiente de vidro, poderá reciclá-lo sem culpa:

  • Até 80% de todo o vidro pode ser recuperado.
  • O vidro reciclado usa 40% menos energia do que a fabricação de vidro novo.
  • A reciclagem não compromete a qualidade ou a estrutura do vidro e nenhuma toxina é produzida na reciclagem.

Uma mudança para o armazenamento em vidro marca uma conscientização elevada – provavelmente o benefício ambiental mais valioso do vidro. Seu investimento em vidro ajuda a mudar de uma mentalidade descartável para uma sensibilidade mais sustentável.

Economiza dinheiro. Como o vidro é geralmente mais caro que o plástico, à primeira vista, parece que a mudança para o vidro será mais cara. Mas pense sobre isso: ao contrário do plástico, o vidro é praticamente um investimento único. Na verdade, você economiza dinheiro a longo prazo. E o vidro possui uma ampla variedade de preços.

Facilita a preparação, servir e limpar os alimentos . Você encontrará recipientes para alimentos de vidro temperado:

  • Reduza o desperdício de alimentos – recipientes limpos permitem que você veja o que está na geladeira e gaste as sobras antes que fiquem ruins.
  • Permite verificar com segurança os alimentos à medida que aquece – a nitidez do vidro permite que você veja o que está acontecendo sem remover as tampas.
  • Lavagem mais rápida e mais limpa – você pode colocar o vidro com segurança na máquina de lavar louça e limpar em altas temperaturas.

O QUE PROCURAR AO COMPRAR RECIPIENTES DE ARMAZENAMENTO DE VIDRO

potes de vidro
Comece a substituir seus potes de plástico pelos de vidro Foto – Pixabay

Para aproveitar ao máximo seu investimento em recipientes de armazenamento de vidro, procure:

  • Recipientes de vidro com tampas herméticas de vidro, borracha ou plástico não tóxico. Tente encontrar tampas planas sem botões para facilitar o empilhamento, veja a foto abaixo.
  • Vidro temperado à prova de congelador, seguro para forno, para que você possa mover os alimentos do congelador para o forno – ou do forno para a geladeira – sem perigo de ter o vidro quebrado.
  • Formas quadradas ou retangulares que permitem que os recipientes se empilhem facilmente, se juntem e ocupem menos espaço na geladeira e no armário.

Pratos de armazenamento de vidro são um prazer de usar – e acessíveis.

Por que optar por potes de vidro e não de plástico?

  • O vidro é mais limpo que o plástico. A superfície não porosa do vidro não absorve alimentos e germes.
  • O vidro pode ser lavado com segurança a altas temperaturas na máquina de lavar louça.O vidro pode ser lavado com segurança a altas temperaturas na máquina de lavar louça.
  • Você pode usar e reutilizar seus recipientes de vidro repetidamente, o que acaba economizando
  • Com recipientes de vidro, você não precisa esperar que a comida esfrie completamente antes de colocar as sobras nos potes
  • O vidro permite ver quais restos estão contidos no interior, diferentemente dos recipientes de cerâmica ou aço inoxidável.
  • Como você pode ver dentro de um recipiente de vidro, é possível verificar com segurança os alimentos que aquecem sem remover as tampas.

Armazenar sua comida adequadamente é uma das melhores maneiras de proteger a si e à sua família contra intoxicação alimentar. Se o alimento não for armazenado e resfriado adequadamente, as bactérias nocivas podem crescer rapidamente, levando à deterioração dos alimentos e a possíveis doenças.

Como usar caixotes de madeira na decoração de casa

As caixas de madeira não só ficam ótimas em casa, mas também podem ser super práticas. Você pode usá-las para fazer móveis, organizar suas coisas ou simplesmente usá-las como uma bela peça de decoração.

As caixas oferecem um aspecto rústico e são muito úteis para armazenamento e outras coisas. Se você é fã de decoração industrial um visual vintage, existem várias maneiras de incorporar caixas de madeira à sua decoração.

Se você estiver procurando uma maneira de armazenar todas as suas coisas, mantendo sua casa organizada ao mesmo tempo, mostraremos alguns exemplos de diferentes caixas de madeira que você pode usar para começar.

Ideias criativas para decorar a casa com caixa de madeira

Caixas brancas para itens no banheiro

caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Funtastyc

Muitas pessoas usam caixas de madeira como prateleiras. Essa ideia de estante específica ajuda a adicionar espaço de armazenamento em um banheiro pequeno. Apenas certifique-se de que as caixas de madeira estejam ancoradas na parede em qualquer projeto de prateleira para que não caiam. Você pode pintar de branco para dar mais estilo.

Mesa de centro com caixote

caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Pinterest

Você já deve ter visto essa mesa de centro de caixas. Embora o design básico da mesa possa ser o mesmo, a maneira como você termina a caixa diz muito sobre o seu estilo de design. Você pode pintar com várias cores ou ficar com o visual inacabado, como preferir.

Transformar caixas para quartos de crianças e armazenamento de brinquedos

 caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Agnolias

Lembra quando você lê que um pouco extravagante pode percorrer um longo caminho? É exatamente assim que esse DIY passa de chato a fantástico. Combine o papel de contato e a tinta no quarto do seu filho. Pendure as caixas baixas para guardar brinquedos ou pendure-as no alto para guardar itens de decoração mais delicados.

Caixas organizadoras

 caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – MáRo Móveis

Caixas de madeira são ótimas ferramentas de organização, especialmente se os lados estiverem completamente envoltos em madeira. Mancha as caixas de uma cor rústica e adicione rótulos de lousa para adicionar estilo a um espaço que de outra forma não teria nenhum.

Suporte de TV

 caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Pinterest

Esta solução barata para um suporte de TV pode ser personalizada para caber em qualquer tamanho de TV e ainda oferece espaço para adicionar alguns acessórios adicionais.

Faça uma estante

caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Cultura Mix

Empilhe algumas caixas de lado e pronto, você tem uma estante de livros!  Maximiza a quantidade de espaço de armazenamento utilizável e fica ótimo também!

Você nem precisa passar horas transformando suas caixas de madeira em uma decoração incrível. Você pode simplesmente empilhá-las e usá-las para guardar livros e outras bugigangas. Eu recomendo que você os proteja um pouco, especialmente se tiver crianças pequenas ou animais em casa.

Você pode simplesmente prendê-los com pequenos grampos de metal nas ripas para que não tombem, e você terá uma ótima e nova estante rústica.

Armazenamento de brinquedos decorativos

 caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Essência Móveis

Pintar essas caixas de madeira com diferentes cores brilhantes os torna perfeitos para adicionar uma unidade de armazenamento ao quarto ou à sala de jogos do seu filho.

Eles podem ser usados ​​para abrigar tantos brinquedos, dependendo do número de caixas que você tem em mãos. Você pode organizar brinquedos em cada caixa, o que tornará o tempo de reprodução e limpeza muito mais fácil e eficiente. Se você estuda em casa, essa seria a unidade de armazenamento perfeita para manter os estudos organizados.

As caixas de brinquedos são muito caras, especialmente se você tiver uma que seja grande o suficiente para acomodar o lote de brinquedos do seu filho.

É por isso que eu amo essa ideia de caixa de brinquedos em caixa de madeira. Além de ser grande o suficiente para guardar vários brinquedos, é realmente barato, comparado às caixas de brinquedos compradas na loja.  Além disso, é com rodízios, facilitando a movimentação conforme necessário.

Mesa de escritório com caixote

 caixotes de madeira
Como usar caixotes de madeira na decoração de casa Foto – Pinterest

Já vimos muitos dos projetos infantis, que tal uma mesa de computador moderna para você?

Caixas de armazenamento de madeira trazem o charme da fazenda para o seu escritório em casa e economizam um pacote no processo. Esta mesa simples, mas resistente, apresenta suportes de metal para um toque decorativo e caixas de madeira delicadamente angustiadas.

Você encontrará as melhores caixas para este projeto nos pátios de recuperação arquitetônica, antiquários e mercados de pulgas, e quanto mais desgastados forem, mais exclusivos e distintos esse projeto será. Escolha criar esta mesa com uma variedade de caixas vintage ou use um meio de antiguidades para dar uma aparência atemporal a novas caixas de artesanato. A melhor parte deste projeto é o fato de ser completamente personalizável para o seu espaço.

 

Alternativas ecologicamente corretas para substituir o couro animal

Seja como for, o couro denota crueldade com os animais. Mesmo certas religiões condenam seu uso por causa disso. Há também um enorme impacto ecológico da indústria do couro.

O bronzeamento é um processo altamente tóxico e a própria indústria utiliza muita energia, produzindo muitos resíduos e poluição. Por essas e várias outras razões é importante encontrar alternativas ao couro.

Há muitas pessoas que estão procurando alternativas para substituir o couro. Ainda existem pessoas que desconhecem a existência de peles de vegetais e pensam que a única alternativa ao couro é o couro sintético.

O couro vegetal também não deve ser confundido com couro animal curtido. Como ainda é pele de origem animal, apenas foi curtida com produtos vegetais, de modo que o processo em si é um pouco menos poluente do que o tradicional.

Felizmente, todos os dias há mais avanços e inovações no setor de moda sustentável. E hoje trago para você alguns dos materiais mais inovadores que muitas marcas já usam como substitutos da pele de animais, especialmente no setor da moda

O impacto negativo sobre as pessoas e o meio ambiente

Durante a fabricação de couro, as fábricas usam produtos químicos tóxicos. A maior parte do couro produzido em todo o mundo é curtida por cromo, que é altamente tóxico e pode causar câncer.

Transformar a pele em couro requer grandes quantidades de energia e produtos químicos perigosos, incluindo sais minerais, formaldeído, derivados de alcatrão de carvão e vários óleos, corantes e acabamentos, alguns deles à base de cianeto.

Uma grande variedade de espécies animais é usada para fazer couro – principalmente gado, mas também porcos, cabras, ovelhas, crocodilos, cobras, arraias, focas, emas, veados, peixes, cangurus, cavalos, gatos e cães.

À medida que mais pessoas tomam conhecimento do grande custo do couro para animais, pessoas e meio ambiente, cresce a demanda por alternativas mais gentis.

Muitos varejistas agora oferecem uma variedade de bolsas, sapatos, cintos e outros produtos que não estão apenas na moda, mas também sem crueldade, com muitos utilizando novas tecnologias e materiais ecológicos e baseados em plantas. De fato, mesmo alguns produtos que parecem couro são realmente sintéticos, por isso é sempre uma boa ideia verificar o rótulo!

A moda vegana é muito mais ecológica. A produção de materiais derivados de animais não só prejudica esses pobres animais, mas também o planeta. Há muito desperdício de água, uso de produtos químicos tóxicos, que são, em grande parte, terríveis para o meio ambiente.

Por isso, há muitas pessoas procurando alternativas ao couro de animais, especialmente na moda. Ainda existem pessoas que desconhecem a existência de peles vegetais e pensam que a única alternativa ao couro é o couro falso.

Felizmente, todos os dias há mais avanços e inovações no setor de moda sustentávelHoje, trago para você alguns dos materiais veganos mais inovadores que muitas marcas já usam para a pele de animais, especialmente no setor da moda. Conheça algumas:

1. Couro sintético

Há muitas palavras para isso: pleather (couro plástico), couro sintético ou artificial e assim por diante. Ao contrário dos substitutos de couro anteriores, muitos desses materiais modernos podem ter uma aparência e um toque modesto.

2. Couro muskin

Em seguida em nossa lista é o couro muskin produzido a partir de pele de cogumelo. Esse tipo de couro vegano é forte, versátil e já está sendo adotado por marcas da indústria da moda. O fungo necessário aqui é (muito convenientemente) extraído das calotas das espécies de cogumelos que não comemos e tratado posteriormente em um processo de bronzeamento natural.

3. Couro de cortiça

O couro de cortiça natural é fabricado a partir da casca do sobreiro e é frequentemente considerado sustentável, porque a árvore inteira não precisa ser cortada para produzir o material. Altamente durável com uma aparência distinta, o couro de cortiça também é à prova d’água, resistente a manchas e fácil de manter.

Couro e tecidos de cortiça são utilizados no mercado há décadas, principalmente em Portugal e Espanha, onde grande parte da matéria-prima é proveniente. Você encontrará couro de cortiça em carteiras de alta qualidade, bolsas exclusivas, calçados e outros acessórios.

4. Couro de abacaxi

O tecido Piñatex é um produto revolucionário de criação recente, que se posiciona cada vez mais como uma alternativa ao couro. É fabricado com fibras de folhas de abacaxi descartadas e o resultado é um tecido macio, forte e muito flexível.

Atualmente, ele já está sendo usado para roupas, sapatos, estofados e acessórios.

5. Couro vegetal de uva

É de origem italiana, e é obtido por processos químicos a partir de resíduos da fabricação de vinho. É um produto muito resistente, macio e versátil, usado tanto na moda quanto na fabricação de automóveis e móveis.

6. Couro vegetal para chá

É um tecido 100% biodegradável obtido do chá kombucha através de um processo de fermentação completamente natural.

O resultado é um material semelhante à pele, mas mais frágil e impermeável, infelizmente. Mas pode ter diferentes aplicações, como a criação de embalagens sustentáveis.

7. Casca de coco

É obtido a partir das fibras da casca de coco por sua resistência, propriedades biodegradáveis ​​e respiráveis.

Começou a ser usado para fazer redes de pesca e hoje já é usado como couro vegano para fazer sapatos ou estofados.

13 ideias criativas para o dia dos namorados

Dia dos namorados chegando e muitos planos? Muito provavelmente em decorrência da pandemia do coronavírus aquele passeio romântico pode não sair. Talvez comprar uma viagem para daqui uns meses.

Mas não é motivo para deixar a data mais romântica do ano passar em branco.

Para muitos o dia dos namorados é um dia de amor e romance. Só que muitas festas e ocasiões especiais afetam negativamente o meio ambiente, geralmente devido ao aumento de resíduos de embalagens, cartões comemorativos que não são reciclados e presentes que nunca são usados.

Felizmente, existem algumas maneiras de reduzir o impacto ambiental do Dia dos Namorados sem perder o romance e ainda ter um dia memorável. Confira algumas dicas!

1. Faça uma viagem a uma cidade encantadora

Passear para uma cidade desconhecida num fim de semana é uma ótima maneira de comemorar e ter um fim de semana de amor.

Existem muitas pousadas pequenas e pousadas que oferecem produtos / serviços e materiais ecológicos. Você tem o benefício adicional de desfrutar de um ambiente mais íntimo e, ao mesmo tempo, ajudar uma empresa local. Nesta opção compre o pacote para daqui a alguns meses.

2. Escreva algo

Escreva uma carta detalhando todos os motivos pelos quais você o ama, ou ainda escreva um poema.

Ou ainda faça um cartão com itens e materiais que você tem em mãos. Seja criativo. Você pode usar revistas antigas, jornais, cartões antigos, revistas, catálogos e até sementes e flores secas. Evite o brilho convencional, porque é apenas a poluição por microplásticos esperando para acontecer.

3. Plantas: Você realmente precisa de rosas?

Em vez de dar rosas que tal dar uma planta que possa ser plantada em seu jardim?

Se você optar por flores de caule cortadas, certifique-se de compostá-las depois. O composto pode ser usado como fertilizante, o que é muito melhor do que as flores velhas que acabam em aterros onde emitem gases de efeito estufa.

4. Faça um presente ecológico

Se você gostaria de dar um presente, mas não quer gastar muito, por que não dar algo caseiro? Isso pode ser melhor recebido do que um presente comprado, pois requer mais tempo e reflexão.

As ideias para um presente incluem itens alimentares (geleia, manteiga de amendoim), seu bolo ou biscoito favorito, joias, esfoliação corporal e qualquer coisa que use restos de tecido que você tiver.

5. Compre um presente ecológico

Se você gostaria de comprar um presente para o seu parceiro, faça! De fato, aqui estão algumas sugestões para você. Por que não comprar algo que ele possa reutilizar, o que os ajudará a ser ecologicamente corretos ao longo do ano? Experimente um kit para embalar um almoço sem desperdício, um papel de cozinha lavável (tecido) ou uma caixa de compostagem.

6. Brinde a data com vinho, cerveja ou licor orgânico

Uvas orgânicas produzem vinho feito com sulfitos e processamento mínimos. Os vinhos biodinâmicos vêm da agricultura que mantém a biodiversidade através dos ritmos cíclicos da natureza, rotação de culturas e sprays homeopáticos.

7. Uma experiência

Compre uma experiência que vocês possam desfrutar juntos – há muitas opções para escolher! Algumas ideias para começar são: uma passeio ao cinema, ao teatro, uma visita a um clube de comédia, participando de um show, visitando uma galeria de arte, um fim de semana fora, degustação de vinhos e uma aula noturna. Se o seu evento exigir um ingresso, opte por um ingresso eletrônico, sempre que possível para economizar em desperdício de papel.

8. Guloseimais caseiras

Presentes caseiros mostram ao seu namorado (a) o quanto você se importa.  Faça alguns biscoitos ou trufas, ou ainda sais de banho personalizados ou bombas de banho. Pense no que sua outra metade ama. Faça o que fizer, embrulhe-o em uma jarra de vidro reutilizável.

Você ficará surpreso com o quão fácil é fazer cupcakes com forma de coração. Eles são um presente romântico para alguém especial em sua vida.

9. Compre presentes feitos de material reciclado

A compra de produtos ecologicamente conscientes e reciclados é uma ótima maneira de mostrar que você está pensando na sua cara-metade, sem parecer barato. Atualmente, existem muitas marcas no mercado que fazem bolsas e pulseiras feitas com resíduos do oceano ou materiais vegano.

10. Comprar joias artesanais

Ao comprar joias artesanais de alta qualidade e relógios você está oferecendo um presente que dura mais tempo, que pode ser usado e reutilizado.

11. Um jantar temático e uma noite de cinema em casa

Assistir aquele filme romântico, acompanhado por um prato preferido do casal pode ser uma ideia bem interessante. Não é necessário enfrentar filas e restaurantes para comemorar a data!

12. Almofadas para fotos

Transforme uma fotografia do casal em um lindo travesseiro de fotos DIY. As memórias são capturadas para sempre, e a sensação vintage do travesseiro o torna não apenas um presente romântico, mas também uma bela peça de exibição para o seu quarto ou sala de estar.

13. Vela em uma garrafa

Transforme um livro usado e uma velha garrafa de vidro em um presente romântico. Use-o para contar a alguém especial o que eles significam para você e, em seguida, deixe a luz suave das velas definir o clima o ano todo.

O melhor presente de Dia dos Namorados que você pode dar não exige que você gere nenhum desperdício, basta dizer ao seu parceiro três palavras especiais – “Eu te amo”.

Afinal, o Dia dos Namorados é para celebrar o amor – mostre a seu parceiro que você se importa, contando como se sente.

5 hábitos de estilo de vida sustentável para adotar em seu dia a dia

Fazemos escolhas em nossa vida que afetam direta ou indiretamente o meio ambiente de uma maneira ou de outra.

Por exemplo, fazer uma coleta diferenciada adequada de resíduos, desligar as luzes, mover-se de bicicleta representam ações diárias simples que, integradas ao cotidiano de muita gente podem fazer a diferença, e assim tornar a vida mais sustentável.

Então, confira alguns hábitos verdes para adotar e ter uma vida mais sustentável.

Estilo de vida mais sustentável

Ações cotidianas simples podem ser adotadas em casa ou até mesmo nas férias. Cada uma delas pode fazer a diferença em nosso cotidiano.

Aquecimento global, poluição do ar e do mar, desmatamento, redução drástica dos recursos energéticos: a lista de questões ambientais a serem tratadas com urgência é longa.

Mas de alguns anos para cá, a questão da sustentabilidade tem aumentado a consciência da população, revelando uma sensibilidade generalizada e, de certa forma, surpreendente.

São as gerações mais jovens que lideram esse movimento, com a geração Y já sendo rotulada como “geração verde”.

Os hábitos ecológicos não são apenas ecológicos, mas também economicamente benéficos.

Significa aproveitar ao máximo os recursos disponíveis, reutilizar, reconstruir e reciclar tudo o que pudermos.

Em nossa rotina cotidiana podemos adotar alguns hábitos ecológicos que podem facilmente economizar dinheiro e ajudar o meio ambiente ao mesmo tempo.

Não é preciso muito esforço para mudar para hábitos mais ecológicos. Todos nós podemos adotar alguns desses hábitos e ajudar a salvar o planeta.

Por exemplo, em vez de comprar alimentos comuns do mercado, poderíamos mudar para a compra de alimentos orgânicos. Existem muitas alternativas sustentáveis ​​no mercado para viabilizar uma mudança para produtos verdes. Confira mais alguns desses hábitos:

Hábitos de estilo mais sustentável para adotar

1.Caronas no transporte

Menos carros nas estradas e nas ruas sempre são iguais a menos pegada de carbono e menos ar tóxico para respirar.

Você pode optar por compartilhar com seus colegas de trabalho ou usar o transporte público, ou ainda usar aplicativos de transporte. Se você não está longe do trabalho, onde pode pedalar, essa é a melhor e mais saudável opção.

E o transporte também vale para viagens. As viagens aéreas, em particular, contribuem para as mudanças climáticas, assim como todos os veículos nas estradas em todo o mundo.

Sempre que você puder, ande de bicicleta ou use o transporte público para reduzir a poluição do ar e as emissões que contribuem para o aquecimento global. E quando é hora de sair de férias, a escolha de hotéis de propriedade local, restaurantes orgânicos e empresas ecológicas pode ajudar a minimizar sua presença em viagens.

2. Diminua o consumo de água mineral engarrafada

A água engarrafada desperdiça combustíveis fósseis nas embalagens e no transporte e, eventualmente, as garrafas plásticas acabam nos aterros e oceanos quando não reciclada.

Por isso, uma dica é levar uma garrafa não plástica com você sempre que estiver fora e continue enchendo a água de qualquer lugar possível, em vez de comprar uma garrafa de água plástica.

3. Diminua o plástico em sua vida diária

Plástico e isopor são materiais altamente poluentes e devem ser proibidos idealmente.

O plástico é a razão pela qual a vida marinha está morrendo todos os dias. Eles consomem uma enorme quantidade de plástico descartado no oceano e não conseguem sobreviver depois.

O plástico demora milhares de anos para se decompor por não terem propriedades biodegradáveis.

Definitivamente, podemos diminuir o plástico pensando em maneiras de substituí-lo. Por exemplo, leve um saco de pano de casa quando for comprar legumes ou mantimentos. Recuse sempre os sacos plásticos dos vendedores. Existem maneiras fáceis de substituir completamente o plástico da sua vida.

4. Escolha a produção própria 

Alimentos caseiros, sabonetes naturais, conservas, geleias, cremes para o corpo ou infusões, a autoprodução é uma das escolhas fundamentais para um estilo de vida mais sustentável.

Pense apenas nas emissões de CO2 de um carro   que podemos evitar ao renunciar a ir ao supermercado para escolher o que podemos produzir, ao transporte evitado para os produtores (que vem de lugares distantes) e as embalagens salvas.

Algumas vezes precisamos de apenas alguns ingredientes simples para produzir em casa o que precisamos.

5. Use objetos em segunda mão

Um smartphone, um vestido vintage, uma bicicleta velha. Alguns exemplo de objetos que podem ser de segunda mão.  Estamos em uma sociedade consumista: tendemos a jogar fora o que está quebrado e comprar uma nova.

Mas se a ajustarmos em vez de jogá-la fora? Os resíduos de frutas e vegetais podem se tornar adubo para o jardim, uma velha jaqueta de algodão pode virar um excelente pano. Sem esquecer que vários objetos podem ser comprados em segunda mão.

Se você puder incorporar esses hábitos em sua rotina diária estará no caminho de viver uma vida muito mais ecológica e ecologicamente correta.

Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável

Cuidar do planeta é responsabilidade de todos, e hoje queremos falar com você sobre a sustentabilidade ambiental em nossas casas. Sim, com pequenos gestos diários, podemos reduzir muito nosso impacto no meio ambiente e, a longo prazo, isso pode se traduzir em economia de energia e de recursos consideráveis.

A preocupação com o meio ambiente e as consequências provenientes da mudança climática transformaram a consciência da sociedade mundial, resgatando a “consciência verde” e implementando medidas sustentáveis em áreas como indústria, economia e até habitação.

Qualquer um pode cuidar do planeta a partir de sua própria casa, sem a necessidade de grandes reformas, mas com pequenos gestos e mudanças na rotina. Vamos então as nossas dicas sustentáveis:

 

1- GERAR A MAIS BAIXA QUANTIDADE DE RESÍDUOS.

Dicas sustentáveis
Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável – Foto Pixabay

Tentar criar a menor quantidade de resíduos possível é um dos passos mais importantes em uma casa ecológica. Um bom método para gerar menos desperdício e fazer mais uso de cada uma das sacolas é compactar o lixo.

Podemos comprimir os resíduos para que ocupem menos espaço. Nesse caso, para o lixo orgânico é indicado o uso de composteiras. E optar pelas sacolas de pano reciclável ao invés de usar as de plástico.

2- RECICLAR O QUE NÃO PODEM TER OUTRO USO.

Se tivermos vidro, plástico ou outros materiais que não possam ter uma segunda vida, teremos que reciclá-los. Uma boa maneira de reciclar é ter um espaço para isso, ter um local específico onde o lixo seja separado e organizado de acordo com se é orgânico, plástico, papelão ou vidro.

Assim, nos acostumaremos com o trabalho de reciclagem e, naturalmente, faremos isso diariamente. Tornar esse espaço atraente e confortável também facilitará a reciclagem e a conscientização.

3- COMPRE ALIMENTOS MAIS ECOLÓGICOS E NOS MERCADOS DO SEU BAIRRO.

Dicas sustentáveis
Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável – Foto Pixabay

O simples ato de comprar alimentos orgânicos e a granel já é um avanço para o consumidor. Além disso, você estará apostando em uma dieta mais saudável e de qualidade. Esse tipo de alimento orgânico é muito mais ecológico e não sofreu modificações genéticas.

Outro fato a ser lembrado é que muitos dos produtos que consumimos em supermercados estão diretamente relacionados à exploração de pessoas. Portanto, é uma boa alternativa comprar certos itens do comércio local, quando isso é possível. Compre também produtos sazonais nos mercados do seu bairro.

4- EVITE USAR E ELIMINAR DISPOSITIVOS

Usar guardanapos de pano nos impedirá de desperdiçar ou contaminar com os guardanapos de papel típicos com os quais estamos acostumados. Os guardanapos de pano também são muito confortáveis, estéticos e completamente ecológicos, além de muito mais agradáveis ​​que os de papel.

O mesmo vale para talheres, copos plásticos ou as sacolas que usamos para transportar lanches ou almoços. É muito fácil ficar sem eles e encontrar uma solução ecológica durável.

5- EVITE O PLÁSTICO

Dicas sustentáveis
Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável – Foto Pixabay

Atualmente, é um pouco complicado adquirir muitas coisas sem embalagem plástica, mas não é impossível. Sempre que pudermos teremos de evitar os recipientes de plástico. Tente não comprar sacolas plásticas desnecessárias e, se houver alguma em casa, use-as bem e não coloque ela diretamente no lixo.

7.Consciência verde nos fogões

Dicas sustentáveis
Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável – Foto Pixabay

Ajudar o planeta pode ser até cozinhado. Use a panela de pressão sempre que possível, pois ela consome metade do gás. E não abra o forno quando estiver sendo usado, pois reduz a temperatura dentro dele em cerca de 20ºC; e aproveite o calor residual da placa e do fogo, desligando-o alguns minutos antes que a comida esteja pronta.

Para a máquina de lavar, é importante lembrar que a água fria é a maneira menos prejudicial para o meio ambiente, enquanto o secador é melhor evitar a todo custo.

8.Boas janelas são um investimento para o futuro

Dicas sustentáveis
Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável – Foto Pixabay

Investir em boas janelas também ajuda. Uma dica é optar por boas janelas de PVC. O melhor sistema de abertura para garantir um bom isolamento é o praticável (também chamado de dobragem). Sem brincadeira, com boas janelas, as perdas de energia que ocorrem através da janela podem ser reduzidas em até 70%.

Instalar boas janelas não pode ser considerado uma despesa como tal, mas sim um investimento a médio e longo prazo, pois, graças a elas, economizaremos muito dinheiro em nossa conta de energia e obteremos conforto e bem-estar.

9.Instale painéis solares fotovoltaicos:

A energia solar é uma fonte de energia limpa e renovável. Os painéis solares são uma tecnologia emergente para pessoas que desejam usar a energia natural do sol.

Os painéis solares podem ser caros no começo, mas agora existem preços muito competitivos. As economias de longo prazo que eles podem gerar no seu bolso são impressionantes.

A localização da sua casa e a maneira como os painéis solares são construídos podem determinar quanta energia você pode obter.

  1. Instale sistemas de captação de água da chuva
Dicas sustentáveis
Dicas sustentáveis para deixar a casa mais agradável – Foto Pixabay

Ao construir ou reformar sua casa, instale um coletor de água da chuva nos telhados e guarde-o em um tanque. A água coletada pode ser usada para outros fins, como banheiros e sistemas de irrigação.

  1. Iluminação LED:

As lâmpadas LED consomem menos energia e duram mais do que as lâmpadas incandescentes tradicionais e até lâmpadas eficientes em termos energéticos . Eles oferecem economia significativa de custos a longo prazo, o que pode ser ideal para sua nova casa ecológica.

  1. Acessórios para economizar água:

Torneiras com perlizadores

são alguns dos acessórios que você deve levar em consideração para ter uma casa sustentável, pois esses acessórios ajudam a economizar água. 

Chás: aprenda a preparar e conheça os tipos mais comuns

Um bom chá não é apenas aquele com bom gosto, mas aquele que mantém todas as suas propriedades e benefícios. Os chás foram aos poucos entrando em nossas vidas como uma bebida frequente e aliada de nosso organismo. Vamos trazer nesse texto algumas dicas de como preparar uma xícara de chá perfeita, com benefícios.

Prepara um Chá: um momento só seu

Chás
Chás: aprenda a preparar e conheça os tipos mais comuns Fonte Pixabay

A cerimônia do chá é um ritual praticado há milhares de anos em vários países do mundo e cada um tem sua própria maneira de preparar de acordo com sua cultura e história. 

Inclusive, dependendo de onde estamos, a cerimônia do chá pode ter vários significados: um momento de relaxamento, um sinal de hospitalidade, um sinal de respeito ou fazer parte dos ritos do casamento.

A história do chá é ainda mais antiga que a do café ou chocolate. E justamente por isso, tomar um chá é reconfortante para tantas pessoas. Para alguns, apenas preparar chá é terapêutico, enquanto outros consomem muitos chás.

Independente do uso, da crença, os chás tem propriedade terapêuticas. Mas sempre que for tomar, atente para o excesso. Os chás precisam ser tomados em equilíbrio.

Como preparar o chá de saquetas? 

Chás
Chás: aprenda a preparar e conheça os tipos mais comuns Foto – Pixabay

Esta é a maneira mais popular de preparar chá. As saquetas são fáceis de usar, pois contêm a quantidade perfeita para uma xícara de chá. As saquetas são facilmente encontradas.

A preparação é rápida e fácil e, o mais importante, você não precisa esperar muito para saborear um chá delicioso! A chave? Deixe o saco descansar dentro do copo, mantendo assim o aroma e o sabor.

Preparação:

  1. Ferva a água

Despeje a quantidade de água para uma xícara de chá em uma panela e ferva.

  1. Despeje a água e cubra o copo

Isso irá mantê-lo aquecido. E você está pronto para desfrutar da sua xícara de chá favorita.

  1. Deixe a saqueta com chá descansar por 3-4 minutos.

Você também pode deixar a saqueta dentro, como preferir!

Alguns conselhos para quem for preparar

  • Para reter o calor, use copos de cerâmica e porcelana.
  • A melhor água é filtrada ou engarrafada. Quanto melhor a água provar, melhor o sabor do chá!

Preparar um xícara de chá com folhas

Chás
Chás: aprenda a preparar e conheça os tipos mais comuns Fonte Pixabay

Pode não ser algo tão misterioso assim, mas preparar chá segue uma série de etapas concretas. Vamos falar melhor sobre elas:

  • Despeje água quente sobre um bule e deixe aquecer por alguns minutos. Dessa forma, conseguimos que adquira a temperatura adequada para evitar contrastes subsequentes, além de limpar impurezas. Depois de alguns minutos descarte essa água.
  • Adicione as folhas (cerca de 5gr) de chá de sua preferência dentro do bule e adicione água quente novamente. Deixe por cerca de 5 segundos e descarte a água novamente. Lembre-se de que este chá foi empilhado por muito tempo e pode ter acumulado muitas impurezas.
  • Agora, se o passo final chegar, e consistir em adicionar água quente novamente (sem exceder 100ºC) nas folhas de chá previamente umedecidas e aquecidas. Deixe descansar por alguns minutos (não mais que 5).
  • Por se tratar de um chá suas folhas podem ser reutilizadas por até 10 infusões sem perda de propriedades, aromas ou sabores, embora, logicamente, elas amolecem. Mas isso é muito pessoal.

Ajuda também no preparo do chá, os seguintes cuidados:

Temperatura

A temperatura ideal depende muito da classe do chá. É usada água fervente na preparação de chás pretos, escuros e chás de ervas que podem suportar e exigir choque térmico para quebrar a folha e liberar o sabor e antioxidantes no chá.

No entanto isso é importante para o uso da água mais fria ao preparar chás mais delicadas como o chá verde, chás brancos. Água quente demais pode causar um chá delicado, amargo ou adstringente, enquanto água fria demais causa um chá fraco e sem sabor.

Se você não possui um termômetro ou um aquecedor de água que permita medir a temperatura, existe uma regra básica: quando a água fervente é resfriada por 5 minutos, a temperatura cai para cerca de 90 ° C.

Tempo

Há um ditado que diz que “o tempo cura todas as feridas”, mas também faz a maioria dos chás azedos.

A regra geral é de 3 a 5 minutos para a maioria dos chás pretos, dependendo da sua preferência, mas se você deixar um pouco mais, eles se tornarão muito adstringentes e amargos.

Chás escuros e chá branco, por outro lado, são muito mais tolerantes; esses chás têm um sabor melhor quando deixados em infusão por 3-5 minutos, mas ainda serão muito bons com um pouco mais de tempo.

Para o chá verde é necessária mais atenção, deixando-o em infusão por no máximo 2-3 minutos (3 minutos se você estiver procurando por uma xícara forte).

Equipamentos

O equipamento adequado também é muito importante no processo de preparação do chá pois quando é adicionada água quente, as folhas de chá podem crescer até 5 vezes de tamanho.

Portanto, para fazer um bom chá você precisa dar espaço para suas folhas se expandirem e, se você usar um filtro de chá, é melhor ter um mais amplo e profundo possível.

Chás para dormir melhor

Chás
Chás: aprenda a preparar e conheça os tipos mais comuns Fonte Pixabay

 

  1. Camomila:  esse chá fará você se sentir relaxado. Portanto, também funciona se você tomar um banho com essências desta erva. Se a indigestão está constantemente fazendo o seu trabalho, prepare uma infusão de camomila para esquecer esses problemas e dormir melhor. A camomila ajudará você a dormir mais rápido e melhor, mesmo se você tiver problemas de estresse e depressão.
  2. As infusões de valeriana são caracterizadas por seu efeito calmante, que permitirá que você durma profundamente. É tão eficaz que muitos dizem que você deve se preparar para adormecer em alguns minutos. Esta bebida é altamente recomendada para os dias em que você sofreu de muita ansiedade e estresse.
  3. Esta erva macia pode ajudar crianças e adultos a dormir muito melhor. Além disso, alivia dor nos músculos e dores de cabeça. Sem dúvida, você deve colocá-lo em seu armário para qualquer ocasião.
  4. A fragrância desta erva tem um poder relaxante; por esse motivo, recomenda-se também que os banhos de essência de lavanda descansem, bem como infusões.
  5. Maracujá. Esta é uma bebida tradicional que toda avó queria lhe oferecer depois de um grande susto, lembra? Você também pode beber este chá após um longo dia em que a dor de cabeça não o deixa em paz.