Como ser um consumidor consciente?

Em um mundo em que as pessoas estão cada vez mais refletindo sobre suas próprias ações e como elas impactam o meio-ambiente, seria, então, inevitável que tais reflexões atingissem também a relação com o consumo. Justamente por isso, discussões sobre como se tornar um consumidor consciente tornam-se comuns em rodas de conversa.

Woman, Shopping, Lifestyle, Beautiful, Adult, Bags
Como se tornar um consumidor consciente?! Eis a questão!

Se deseja seguir um caminho mais sustentável nos seus modos de consumir, mas não sabe por onde começar, saiba que esse texto será uma super mão-na-roda para você. Nele, falaremos mais sobre o conceito e os seus 12 princípios norteadores propostos pelo Instituto Akatu, uma organização não governamental sem fins lucrativos que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o consumo consciente. E aí, vamos aprender mais sobre o assunto e como nos tornarmos um consumidor consciente?

O que é o consumo consciente?!

Para falar sobre consumo consciente, nada melhor do que parafrasear a definição proposta pelo Instituto Akatu. Segundo a mesma, “consumir consciente não é não consumir, porque é impossível. Mas é consumir menos e diferente, tendo no consumo um instrumento de bem estar e não um fim em si mesmo; é consumir solidariamente, buscando os impactos positivos do consumo para o bem-estar da sociedade e do meio ambiente; é consumir sustentavelmente, deixando um mundo melhor para as próximas gerações.”

Ou seja, um consumidor consciente opta por mudar o seu estilo de vida e o seu padrão de consumo em prol da sociedade e do meio-ambiente. Passa, então, a consumir menos, porém com maior sabedoria e necessidade, pois sabe que o reduzir não significa perder qualidade de vida. Na verdade, é possível mantê-la ou até melhorá-la, tendo em vista que o consumir de maneira sustentável implica em ter menos, porém em ser mais.

Supermarket, Stalls, Coolers, Market, Food, Fresh, Shop
Um consumidor consciente opta por mudar o seu estilo de vida e o seu padrão de consumo em prol da sociedade e do meio-ambiente.

Mas o conceito do consumidor consciente vai ainda além. A pessoa comprometida com a sustentabilidade considera não somente a questão do consumir menos, mas também a variável ambiental no momento em que o consumo se faz necessário, preferindo, portanto, produtos mais ecológicos. Inclusive, graças a esse seu comportamento, que “boicota” os produtos não considerados sustentáveis, tais consumidores passaram a ser a mola propulsora para o uso e desenvolvimento de tecnologias limpas, gerando, portanto, mudanças nas matrizes energéticas e tecnológicas do sistema de produção.

Princípios norteadores do consumidor consciente

Frente a essa nova realidade do consumidor consciente, o Instituto Akatu propôs 12 princípios norteadores para este grupo que, aplicados no cotidiano, são capazes de inserir a sustentabilidade na humanidade. Seguem, abaixo, esses princípios.

Shopping, Fashion, Purchasing, Bag, Sale, Woman, Shop
Conheça os princípios norteadores para você se tornar um consumidor mais consciente.

1 – Planeje suas compras: Não seja impulsivo nas compras. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente e, com isso, compre menos e melhor.

2 – Avalie os impactos de seu consumo: Leve em consideração o meio ambiente e a sociedade em suas escolhas de consumo.

3 – Consuma apenas o necessário: Reflita sobre suas reais necessidades e procure viver com menos.

4 – Reutilize produtos e embalagens: Não compre outra vez o que você pode consertar, transformar e reutilizar.

Electronics, Repair, Technical Assistance, Notebook
Reutilizar o que já tem e consertar aquilo que é possível são atitudes de um consumidor consciente.

5 – Separe seu lixo: Recicle e contribua para a economia de recursos naturais, a redução da degradação ambiental e a geração de empregos.

6 – Use crédito conscientemente: Pense bem se o que você vai comprar a crédito não pode esperar e esteja certo de que poderá pagar as prestações.

7 – Conheça e valorize as práticas de responsabilidade social das empresas: Em suas escolhas de consumo, não olhe apenas preço e qualidade. Valorize as empresas em função de sua responsabilidade para com os funcionários, a sociedade e o meio ambiente.

8 – Não compre produtos piratas ou contrabandeados: Compre sempre do comércio legalizado e, dessa forma, contribua para gerar empregos estáveis e para combater o crime organizado e a violência.

Girl, Woman, Shop, Souvenirs, Shelf, Work, Shopping
Não comprar produtos falsificados é lei básica de um consumidor consciente.

9 – Divulgue o consumo consciente: Seja um militante da causa – sensibilize outros consumidores e dissemine informações, valores e práticas do consumo consciente. Monte grupos para mobilizar seus familiares, amigos e pessoas mais próximas.

10 – Reflita sobre seus valores: Avalie constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo.

11 – Cobre dos políticos: Exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática do consumo consciente.

12 – Contribua para a melhoria de produtos e serviços: Adote uma postura ativa. Envie às empresas sugestões e críticas construtivas sobre seus produtos/serviços.

Atitudes que correspondem ao consumo consciente

Não bastassem os princípios norteadores, o Instituto Akatu também listou algumas atitudes que correspondem ao consumo consciente, as quais estão classificadas em quatro grupos. São eles: 1) Economia (práticas que pressupõem o benefício direto ao indivíduo); 2) Planejamento (práticas que pressupõem a otimização racional de recursos); 3) Reciclagem (práticas diretamente ligadas ao descarte, reuso e reaproveitamento de materiais); e 4) Compras sustentáveis (práticas que indicam a sensibilização no plano do consumo e mobilização do indivíduo diante das causas de Sustentabilidade).

Writing, Pencil, Note, Shop, Pink, Seller, Paper
Dentre as atitudes de um consumidor consciente, há o planejamento de suas compras.

Sobre as atitudes, que estão listadas logo abaixo, você verá que, em sua grande maioria, são ações sustentáveis básicas que você provavelmente já deve estar aplicando no seu dia-a-dia. De qualquer modo, vale a pena citá-las para jamais nos esquecermos de termos tal comportamento. Bom, vamos a elas:

• Fechar a torneira enquanto escova os dentes
• Evitar deixar lâmpadas acesas em ambientes desocupados
• Esperar os alimentos esfriarem antes de guardar na geladeira
• Desligar aparelhos eletrônicos quando eles não estão sendo usados
• Planejar as compras de alimentos
• Planejar compra de roupas
• Pedir nota fiscal quando vou as compras, mesmo que o fornecedor não a ofereça espontaneamente
• Planejar as compras de alimentos
• Planejar compra de roupas
• Ler atentamente os rótulos antes de decidir uma compra
• Quando possível, utilizar também o verso das folhas de papel
• Separar o lixo para reciclagem
• Passar ao maior número possível de pessoas as informações aprendidas sobre empresas e produtos
• Comprar produtos orgânicos nos últimos 6 meses
• Comprar produtos feitos com material reciclado nos últimos 6 meses

Hands, World, Map, Global, Earth, Globe, Blue, Creative
Ao optar por ser um consumidor consciente, você torna o responsável por transformar o mundo em um lugar melhor.

E aí, o que achou dos princípios norteadores e das atitudes listadas pelo Instituo Akatu?! Fez sentido para você que quer se tornar um consumidor consciente ainda melhor? Esperamos que sim e que as listas possam ter sido úteis a você! Boa sorte a essa sua nova jornada!