Horta Caseira: dicas incríveis para plantar manjericão, hortelã, Alecrim, tomilho

Não deixe que o clima ou o espaço limitado no jardim ao ar livre o impeçam de ter uma horta caseira. Com a quantidade certa de luz, você pode cultivar suas próprias ervas mesmo em pequenos espaços.

A chave para o crescimento bem-sucedido de qualquer tipo de planta dentro de casa é entender quanta luz ela precisa para crescer. Diferentes áreas da sua casa oferecem níveis variados de luz natural.

Vamos então passar algumas dicas gerais de como cultivar a sua própria horta caseira em casa! Confira as nossas dicas!

Horta caseira: como ter a sua, em casa!

Horta Caseira
Horta Caseira: dicas incríveis para plantar manjericão, hortelã, Alecrim, tomilho Foto – Pixabay

Plantar manjericão

Não há nada como recortar folhas frescas de manjericão de sua horta e voltar para a cozinha para adicioná-las ao que você estiver cozinhando. Saiba como cultivar manjericão em casa.

Horta Caseira
Horta Caseira: dicas incríveis para plantar manjericão, hortelã, Alecrim, tomilho Foto – Pixabay

Como plantar manjericão?

O manjericão é fácil de semear. Se foi feito a partir de sementes, é relativamente rápido para germinar.

O manjericão é super sensível ao frio; portanto, se você estiver transplantando mudas de ambientes internos ou tiver plantas no chão, observe as temperaturas do início da primavera e cubra a muda, se necessário. Se você estiver plantando um corte ou transplantando uma muda ou planta menor, verifique se a temperatura do solo é de pelo menos 15 ° C.

O manjericão se adapta melhor em solos úmidos e bem drenados. Adicione um composto rico ao solo no início da temporada. De fato, se o solo é muito rico, o manjericão perde parte de sua intensidade de sabor.

Horta Caseira
Horta Caseira: dicas incríveis para plantar manjericão, hortelã, Alecrim, tomilho Foto -Pixabay

Plantar alecrim

O alecrim (Rosmarinus officinalis) é uma erva perene nas zonas mais quente, onde pode ser plantada no jardim e pode crescer 4 pés de altura e se espalhar cerca de 4 pés de largura, dependendo da variedade. 1 pé é o mesmo que 30 centímetros, aproximadamente.

Dicas para o cultivo de alecrim dentro de casa no inverno

O alecrim é nativo do clima mediterrâneo, por isso prefere uma atmosfera quente, ensolarada e úmida. Aqui estão algumas dicas para manter suas plantas de alecrim vivas em ambientes fechados durante o inverno:

  • Quarentena:Se você tem plantas de casa, é uma boa ideia colocar em quarentena suas plantas de alecrim quando as trouxer para dentro de casa. Mantenha as plantas em um local separado por um tempo para garantir que não haja caronas, pragas ou doenças.
  • Luz:localize suas plantas de alecrim em uma janela brilhante voltada para o sul. Como alternativa, você pode usar luzes de cultivo e manter suas plantas felizes durante os meses de inverno.
  • Água:Tente manter a mistura de envasamento uniformemente úmida. O excesso de rega fará com que a planta apodreça. Se o solo estiver muito seco, a planta murchará e morrerá. Regue quando o solo secar na superfície e deixe a umidade extra escorrer.

Hortelã

Horta Caseira
Horta Caseira: dicas incríveis para plantar manjericão, hortelã, Alecrim, tomilho Foto – Pixabay

Todos os tipos de hortelã (incluindo hortelã doce , hortelã, hortelã-pimenta e hortelã de chocolate ) são de crescimento rápido, espalhando folhas por todo lado, então você deve dar-lhes um lugar livre para crescer sem nada no caminho, ou plantá-los em vaso.

Plantar hortelã

  • Plante hortelã na primavera. Esta erva de crescimento rápido pode crescer em qualquer lugar e é um excelente complemento para jardins internos e externos.
  • É melhor cultivá-las em vasos para evitar que elas dominem o seu jardim (mesmo se você estiver plantando no chão).
  • Dê ao seu jardim uma excelente base, melhorando o solo nativo com vários centímetros de composto envelhecido ou outra matéria orgânica rica.
  • Mantenha o solo sempre úmido e regue quando a parte do solo superior ficar seca.
  • Promova uma excelente produção de folhas, alimentando regularmente com um alimento vegetal solúvel em água.
  • Depois que as plantas estão estabelecidas, colha folhas de hortelã regularmente, beliscando as hastes.

Tomilho

Tomilho é famoso por sua versatilidade na culinária, adicionando sabor a pratos de peixe, sopas e como ingrediente em misturas de recheio. Também é fácil de cultivar e parece atraente o ano todo.

Como cultivar tomilho em casa

Cultive tomilho em solo bem drenado em pleno sol. Algumas variedades de tomilho funcionam bem plantadas em jardins de cascalho, rachaduras na pavimentação ou como alternativa a um gramado. Outros se saem melhor em vasos, que você pode levar para dentro de casa no outono. Corte o tomilho após a floração e proteja as espécies tenras no inverno.

É possível cultivar tomilho a partir de sementes, mas é difícil estabelecer plantas cultivadas a partir de sementes. Plantas jovens de tomilho estão amplamente disponíveis para compra em centros de jardinagem e viveiros, por isso é melhor plantá-las.

Plante tomilho em solo ou composto de drenagem livre e regue. Depois de estabelecido, você não precisará regar suas plantas de tomilho com muita frequência.

O tomilho prospera em condições quase secas com o mínimo de nutrientes no solo.

Apare o tomilho depois de terminar a floração para promover um novo crescimento. Isso lhe dará mais folhas para colher durante o outono. Se você não as arrumar, as plantas se tornarão lenhosas e precisarão ser substituídas após três anos.

Uma vez estabelecido, o tomilho não precisará ser regado. Se você estiver cultivando sua planta em um recipiente, dê-lhe uma alimentação semanal de março a maio com algas marinhas líquidas.

Cebolinha

A cebolinha é um alimento tão versátil, e é uma boa opção para quem quer começar a ter a sua horta caseira, mas quer algo mais de baixa manutenção e crescimento rápido.

E você também tem opções para cultivá-las – você pode cultivá-las a partir de sementes ou recuperá-las dos restos de cebolinha que você acabou de usar em uma receita. Para recuperá-los, tudo o que você precisa é de um copo de água e um pouco de luz solar.

E então? O que achou das nossas dicas? Você também planta temperos em sua casa? Adote esse hábito e tempere a sua comida com temperos naturais e direto da sua horta.

Dicas de horta caseira

Dica 1 – Horta Caseira – Vaso auto irrigável

Já pensou em ter uma horta caseira em casa? Pois é, essa ideia está se tornando uma realidade para muitos que se preocupam com o caminhar da indústria dos agrotóxicos. Afinal, a cada dia que se passa, há uma nova notícia sobre mais um veneno liberado para o cultivo dos nossos alimentos. E aí, como fica a nossa saúde nessa história, não é mesmo?

Refletindo sobre essas questões, muitas pessoas passaram a ter a sua horta caseira. No entanto, infelizmente, alguns ficam só na vontade e não avançam com essa ideia e desejo. O motivo? Falta de tempo! Mas essa não será mais uma desculpa para você!

Se você deseja ter uma horta caseira para chamar de sua, mas o tempo não é um forte aliado seu, então aposte nos vasos auto irrigáveis. Como o nome próprio diz, esses vasos possuem uma estrutura que eles mesmos fornecem água para as plantas conforme a sua demanda. Basta você preencher o recipiente de água e aguardar sua verdinha matar a sede até dizer chega e esvaziar tudo. Fácil, não?!

Ou seja, você que viaja, quase nunca está em casa ou que não tem o tempo a seu favor, aposte na ideia dos vasos auto irrigáveis e nunca mais terá desculpas para não produzir mais o seu próprio alimento!

Dica 2 – Horta Caseira – Começar pelos temperos

A quem queira ter uma horta caseira para chamar de sua, mas não sabe por onde começar, seja por falta de tempo ou de prática, a ideia fica só na ideia mesmo e nunca avança. Isso vai mudar agora!

Já pensou em começar a sua horta caseira pelos temperos? Fáceis de cultivar, os temperos não são tão exigentes quanto à exposição do sol, à rega e ao tipo de vaso escolhido. Claro que há a necessidade de tomar certos cuidados, afinal, os temperos são seres vivos e precisam do básico para a sua sobrevivência. No entanto, eles são um ótimo aliado a quem tem boa vontade, mas pouco contato com o mundo da horta caseira por ser bem mais tranquilo de cuidar do que o restante dos vegetais.

Se você for ter seus temperinhos, só tome cuidado com uma coisa: certifique-se de plantar as verdinhas com suas companheiras e não com suas antagônicas. Como assim?! A gente te explica!

Cada planta tem uma amiga, mas tem também uma inimiga. Ou seja, plantas “amigas” crescem melhor juntas, como é o caso do orégano, sálvia, alecrim e tomilho, mas plantas “inimigas” ou antagônicas matam umas às outras, que é o caso da hortelã e da melissa, que vivem muito bem sozinhos, obrigado. Sabendo disso, sua horta estará pronta para começar!

Dica 3 – Horta Caseira – composteira

Já pensou em transformar o seu lixo orgânico em um ótimo solo, rico em nutrientes, para sua horta caseira? Pois é, nós já demos as dicas para quem não tem tempo de cuidar, como também para quem não sabe por onde começar, mas essa dica aqui é útil inclusive para quem já está nesse mundo há um bom tempo. Prazer, eis que lhes apresento a compostagem!

Compostar nada mais é do que transformar o seu lixo orgânico em alimento para suas plantas. De lixo orgânico, entende-se aqui como sendo restos de frutas, legumes e vegetais, borra de café, saquinho de chá e até casca de ovo. Só não incluem aqui os restos de animais e seus derivados, como é o caso do queijo.

Para o processo de compostagem, basta ter uma composteira, que é basicamente um recipiente onde colocará todo o resíduo orgânico gerado. Ali, basta mexer de tempos e tempos que a natureza faz o seu serviço, transformando tudo que iria para o lixo em um ótimo adubo para sua horta caseira. Para facilitar, use e abuse das minhocas californianas. Elas irão devorar tudo o que virem pela frente e, como pode imaginar, defecarão, gerando o húmus de minhoca, um dos melhores adubos existentes no mundo!