Um Guia de Vida Sustentável para Locatários e Inquilinos

Todos nós queremos fazer tudo o que pudermos para reduzir nossas pegadas de carbono e viver uma vida mais sustentável, mas isso pode parecer difícil, se não impossível, quando você não possui sua casa ou apartamento.

Pode parecer que as opções disponíveis para os proprietários simplesmente não existem para os locatários. Instalando isolamento, montando painéis solares ou substituindo suas janelas? Provavelmente não é uma opção para o seu apartamento alugado na cidade grande. Em geral, pode parecer que você não tem controle sobre o seu espaço quando está em uma situação de aluguel.

Sustentabilidade em ambientes para locatários e inquilinos

casa sustentável
Um Guia de Vida Sustentável para Locatários e Inquilinos Foto – Pixabay

Os inquilinos nas propriedades de aluguel têm pouco controle sobre a alteração do espaço em que vivem.

Quando se trata de sustentabilidade, no entanto, há muito que pode ser feito como locatário para reduzir o impacto no planeta e contribuir positivamente para a sociedade.

Certamente, os locatários podem não ser capazes de instalar energia solar ou viver completamente fora da rede, mas coletivamente, os esforços individuais, mesmo que pequenos, ainda representam uma grande diferença.

Esteja você alugando um quarto ou todo um imóvel para alugar, eis algumas dicas para ajudar você a ter uma vida mais sustentável.

  1. Mudar paralâmpadas economizadoras de energia – Mudar para lâmpadas economizadoras de energia das incandescentes padrão economiza de 25 a 80% no uso de energia.
  2. Atualize as instalações sanitárias– Considere mudar as cabeças dos chuveiros e pias para instalações de baixo fluxo. Esses equipamentos economizam o uso da água enquanto os hóspedes/locatários tomam banho ou usam a pia sem afetar a pressão da água.
  3. Escolha aparelhos com eficiência de energia– Embora possa ser proibitivo para os proprietários de apartamentos fazer isso casualmente, se você já estiver reformando a cozinha, o banheiro ou as instalações de lavanderia do seu apartamento, considere instalar aparelhos com economia de energia durante a reforma.
  4. Use suprimentos de limpeza naturais– considere comprar suprimentos de limpeza naturais ou à base de plantas (em vez daqueles feitos com produtos químicos agressivos) para manter seu apartamento e fornecer aos seus convidados.

5.Plante um jardim: As plantas da casa são um ótimo começo, mas você pode dar um passo adiante se tiver um quintal. Como sabemos, o plantio de árvores ajuda a converter todo esse CO2 em um ar doce e respirável. Além disso, se você iniciar uma horta, suas plantas poderão ajudar a alimentá-lo.

Vive em um apartamento? Um pequeno jardim de ervas da janela é um ótimo lugar para começar e pode parecer bonito para arrancar.

  1. Considere a compostagem: Para aqueles com espaço ao ar livre, considere uma caixa de compostagem para o desperdício de alimentos. Em vez de colocar as cascas de ovos e restos de vegetais na lixeira, colocá-las em um composto ajudará a reduzir o aterro e a gerar alguns fertilizantes importantes para alimentar suas plantas.

7.Invista em produtos mais ecológicos: Se você precisar comprar aparelhos para alugar, opte por modelos mais eficientes em termos de energia. Quando se trata de produtos de linha branca, como máquinas de lavar e geladeiras, o aparelho deve ser fornecido com um adesivo de classificação de eficiência de energia para ajudar você a entender quanta energia é consumida.

Há ainda outras ideias como:

Instale um chuveiro com eficiência de água

Um chuveiro eficiente em termos de água usa 40% menos água, o que economiza água, energia e dinheiro. A lei é ambígua se você pode ou não fazer isso sem a permissão do proprietário, portanto, mantenha o chuveiro original para poder reinstalá-lo quando se mudar, se necessário. A substituição gratuita de chuveiros antigos, com chuveiros que economizam água.

Colete água da chuva para o seu jardim

Desde um balde sob um buraco de ferrugem na calha até um barril de chuva grande e portátil da loja de ferragens local, existem muitas maneiras de os locatários economizarem água.

Também é visível que muitos locatórios querem morar em uma comunidade que tenha um impacto positivo no meio ambiente, uma construção construída com materiais recuperados, que reduz o consumo de energia e o desperdício.

Eles vivem vidas mais saudáveis, comprando produtos de origem local e se exercitando, meditando, tornando-se veganos e escolhendo produtos de comércio justo, apesar dos custos mais altos. Eles se sentem mais integrados à sociedade e isso leva à decisão de alugar em prédios verdes.

5 hábitos de estilo de vida sustentável para adotar em seu dia a dia

Fazemos escolhas em nossa vida que afetam direta ou indiretamente o meio ambiente de uma maneira ou de outra.

Por exemplo, fazer uma coleta diferenciada adequada de resíduos, desligar as luzes, mover-se de bicicleta representam ações diárias simples que, integradas ao cotidiano de muita gente podem fazer a diferença, e assim tornar a vida mais sustentável.

Então, confira alguns hábitos verdes para adotar e ter uma vida mais sustentável.

Estilo de vida mais sustentável

Ações cotidianas simples podem ser adotadas em casa ou até mesmo nas férias. Cada uma delas pode fazer a diferença em nosso cotidiano.

Aquecimento global, poluição do ar e do mar, desmatamento, redução drástica dos recursos energéticos: a lista de questões ambientais a serem tratadas com urgência é longa.

Mas de alguns anos para cá, a questão da sustentabilidade tem aumentado a consciência da população, revelando uma sensibilidade generalizada e, de certa forma, surpreendente.

São as gerações mais jovens que lideram esse movimento, com a geração Y já sendo rotulada como “geração verde”.

Os hábitos ecológicos não são apenas ecológicos, mas também economicamente benéficos.

Significa aproveitar ao máximo os recursos disponíveis, reutilizar, reconstruir e reciclar tudo o que pudermos.

Em nossa rotina cotidiana podemos adotar alguns hábitos ecológicos que podem facilmente economizar dinheiro e ajudar o meio ambiente ao mesmo tempo.

Não é preciso muito esforço para mudar para hábitos mais ecológicos. Todos nós podemos adotar alguns desses hábitos e ajudar a salvar o planeta.

Por exemplo, em vez de comprar alimentos comuns do mercado, poderíamos mudar para a compra de alimentos orgânicos. Existem muitas alternativas sustentáveis ​​no mercado para viabilizar uma mudança para produtos verdes. Confira mais alguns desses hábitos:

Hábitos de estilo mais sustentável para adotar

1.Caronas no transporte

Menos carros nas estradas e nas ruas sempre são iguais a menos pegada de carbono e menos ar tóxico para respirar.

Você pode optar por compartilhar com seus colegas de trabalho ou usar o transporte público, ou ainda usar aplicativos de transporte. Se você não está longe do trabalho, onde pode pedalar, essa é a melhor e mais saudável opção.

E o transporte também vale para viagens. As viagens aéreas, em particular, contribuem para as mudanças climáticas, assim como todos os veículos nas estradas em todo o mundo.

Sempre que você puder, ande de bicicleta ou use o transporte público para reduzir a poluição do ar e as emissões que contribuem para o aquecimento global. E quando é hora de sair de férias, a escolha de hotéis de propriedade local, restaurantes orgânicos e empresas ecológicas pode ajudar a minimizar sua presença em viagens.

2. Diminua o consumo de água mineral engarrafada

A água engarrafada desperdiça combustíveis fósseis nas embalagens e no transporte e, eventualmente, as garrafas plásticas acabam nos aterros e oceanos quando não reciclada.

Por isso, uma dica é levar uma garrafa não plástica com você sempre que estiver fora e continue enchendo a água de qualquer lugar possível, em vez de comprar uma garrafa de água plástica.

3. Diminua o plástico em sua vida diária

Plástico e isopor são materiais altamente poluentes e devem ser proibidos idealmente.

O plástico é a razão pela qual a vida marinha está morrendo todos os dias. Eles consomem uma enorme quantidade de plástico descartado no oceano e não conseguem sobreviver depois.

O plástico demora milhares de anos para se decompor por não terem propriedades biodegradáveis.

Definitivamente, podemos diminuir o plástico pensando em maneiras de substituí-lo. Por exemplo, leve um saco de pano de casa quando for comprar legumes ou mantimentos. Recuse sempre os sacos plásticos dos vendedores. Existem maneiras fáceis de substituir completamente o plástico da sua vida.

4. Escolha a produção própria 

Alimentos caseiros, sabonetes naturais, conservas, geleias, cremes para o corpo ou infusões, a autoprodução é uma das escolhas fundamentais para um estilo de vida mais sustentável.

Pense apenas nas emissões de CO2 de um carro   que podemos evitar ao renunciar a ir ao supermercado para escolher o que podemos produzir, ao transporte evitado para os produtores (que vem de lugares distantes) e as embalagens salvas.

Algumas vezes precisamos de apenas alguns ingredientes simples para produzir em casa o que precisamos.

5. Use objetos em segunda mão

Um smartphone, um vestido vintage, uma bicicleta velha. Alguns exemplo de objetos que podem ser de segunda mão.  Estamos em uma sociedade consumista: tendemos a jogar fora o que está quebrado e comprar uma nova.

Mas se a ajustarmos em vez de jogá-la fora? Os resíduos de frutas e vegetais podem se tornar adubo para o jardim, uma velha jaqueta de algodão pode virar um excelente pano. Sem esquecer que vários objetos podem ser comprados em segunda mão.

Se você puder incorporar esses hábitos em sua rotina diária estará no caminho de viver uma vida muito mais ecológica e ecologicamente correta.